sexta-feira, 29 de março de 2013

....A beleza está nos olhos de quem sabe ver!!!
então isso vale a maioria das vezes para tudo!!
...fica a dica...

terça-feira, 18 de setembro de 2012

olá sigam lá!!

http://fotosfarcilli.blogspot.com/  meu novo blog
...................................................................................
Evite acusar e criticar. Procure, antes, colaborar, sobretudo "com seu exemplo" digno e nobre. Tudo tem sua razão de ser na vida, embora nem sempre saibamos compreender, porque não temos uma visão completa, já que só podemos ver a superfície das pessoas e coisas. Deixe o julgamento para Aquele que vê os corações e que está dentro de cada um de nós, lendo os mais secretos pensamentos e intenções
......................................................................................................................................................

domingo, 18 de abril de 2010

pensamentos da felicidade


Quanto nós já ouvimos falar que 'nós somos o que pensamos'? Acredito que isso seja verdadeiro, o que, talvez, nós ainda não ouvimos com a mesma frequência é que somos nós os controladores dos nossos pensamentos, e não o contrário.


Assim como as diversas funções do nosso organismo, a nossa mente é um dos resultados funcionais do nosso cérebro. O nosso corpo e toda o seu componente sensorial foi desenvolvido para nos permitir interagir com o ambiente. Através dos nossos sentidos captamos o mundo conforme ele nos apresenta e de acordo com as experiências que vivenciamos. A isso formulamos respostas, por meio das nossas expressões comportamentais, sentimentais e da linguagem. A cada resposta que emitimos aos estímulos que captamos no meio que estamos, uma rede de neurônios são acionadas no cérebro, criando trilhas neuronais que se reafirmam toda vez que respondemos da mesma forma aos estímulos. Portanto, os sentimentos, os pensamentos, as atitudes e a linguagem que acionamos criam seus caminhos e quanto mais os acionamos, menos estímulos são necessários para serem acionados da próxima vez.


É como aprender a dirigir. No início, precisamos de toda a atenção para aprender a coordenar embreagem, marcha e acelerador e utilizar os espelhos. À medida que esses caminhos neuronais vão sendo estimulados cada vez que pegamos o carro para dirigir, menos estímulos são necessários para manter a coordenação, até que aquilo se torne um hábito e passamos a dirigir sem pensar muito na coordenação que é preciso para que todo o processo aconteça de forma coordenada.


Da mesma forma, ocorre com as nossas atitudes, sentimentos e pensamentos. Quantas vezes respondemos da mesma forma aos estímulos que chegam até nós? Muitas vezes esses caminhos nos trazem alegria, mas nem sempre é assim. Quantas formas de pensamentos ainda mantemos mesmo sabendo que isso não nos faz bem? Quantas vezes agimos de forma que nossa conduta nos leva ao sofrimento e noutras ao sofrimento alheio? E todas as vezes que repetimos essas trilhas de sofrimento, alimentamos esse circuito neuronal e damos mais margem para que ele ocorra em outras situações como maus hábitos.


Nós somos o que pensamos, porque a energia do nosso pensamento e sentimentos nos envolvem, mas os pensamentos não são os nossos donos. Somos nós quem decidimos qual caminho os nossos circuitos neuronais devem seguir. A qualquer momento podemos mudar o circuito dos nossos pensamentos para que eles direcionem-se para a alegria e felicidade. Mudar hábitos requer esforço, transformar-se exige um grande exercício de nossa parte. Contudo, ser difícil não significa ser impossível. E eu tenho certeza que todos nós somos fortes o suficiente para renovar este homem velho dentro de nós que insiste em nos seguir com suas amarguras e frustrações.


Estarmos atento às trilhas neuronais dos nossos pensamentos é o primeiro passo para tomarmos as rédeas de nós mesmos. Pois a nossa mente foi feita para nos servir ao alcance da paz e da felicidade. Observar nossas atitudes, os estímulos que nos levam a eles, como nos sentimos diante dessas situações, tudo isso nos auxilia ao autoconhecimento. E é somente através da consciência sobre a verdade que podemos nos transformar e alcançar a libertação do sofrimento.


Muita luz e muita paz!

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

UM DEFEITO NA MULHER



Quando Deus fez a mulher já estava em seu sexto dia de trabalho fazendo horas extras.

Um anjo apareceu e Lhe disse: "Por que leva tanto tempo nisto?"

E o Senhor respondeu: "Já viu a minha ficha de especificações para ela?"


Deve ser completamente lavável, mas sem ser de plástico, ter mais de 200 peças móveis e ser capaz de funcionar com uma dieta de qualquer coisa, até sobras, ter um colo que possa acomodar quatro crianças ao mesmo tempo, ter um beijo que possa curar desde um joelho arranhado até um coração partido e fará tudo isto somente com duas mãos."

O anjo se maravilhou com as especificações.

"somente duas mãos... Impossível!"

e este é somente o modelo básico?

É muito trabalho para um dia... “Espere até amanhã para terminá-la.”

Isso não protestou o Senhor. Estou tão perto de terminar esta criação que é favorita de Meu próprio coração.

Ela se cura sozinha quando está doente e

pode trabalhar jornadas de 18 horas." O anjo se aproximou mais e tocou a mulher.

"Mas o Senhor a fez tão suave..."

"É suave", disse Deus, mas a fiz também forte. Você não tem idéia do que pode agüentar ou conseguir.

"Será capaz de pensar?" perguntou o anjo.

Deus respondeu:

"Não somente será capaz de pensar, mas também de raciocinar e de negociar"

O anjo então notou algo e estendendo a mão tocou a bochecha da mulher...

"Senhor parece que este modelo tem um vazamento...

Eu Lhe disse que estava colocando muita coisa nela...“

"Isso não é nenhum vazamento... é uma lágrima" corrigindo-o o Senhor.

"Para que serve a lágrima," perguntou o anjo.

e Deus disse:

"As lágrimas são sua maneira de

expressar seu destino, sua pena, seu desengano, seu

amor, sua solidão, seu sofrimento, e seu orgulho."

Isto impressionou muito ao anjo "O Senhor é um gênio, pensou em tudo. A mulher é

verdadeiramente maravilhosa"

Sim é!

A mulher tem forças que maravilham aos homens.

Agüentam dificuldades, levam grandes cargas,

mas têm felicidade, amor e alegria.

Sorriem quando querem gritar.

Cantam quando querem chorar. Choram quando

estão felizes e riem quando estão nervosas.

Lutam pelo que crêem.

Enfrentam à injustiça.

Não aceitam "não" como resposta quando

elas crêem que há uma solução melhor.

Privam-se para que a sua família possa ter.

Vão ao médico com uma amiga que tem medo de ir.

Amam incondicionalmente.

Choram quando seus filhos triunfam e se alegram

quando seus amigos ganham prêmios.

Ficam felizes quando ouvem sobre um

nascimento ou um casamento.

Seu coração se parte quando morre uma amiga

Sofrem com a perda de um ente querido, entretanto são fortes quando pensam que já não

há mais forças.

Sabem que um beijo e um abraço

podem ajudar a curar um coração partido.

Entretanto, há um defeito na mulher:

É que ela as vezes se esquece o quanto vale.